segunda-feira, 2 de maio de 2011

Pontes Levadiças

As pontes levadiças foram produzidas pelos alunos: Mauiricio Monti, Julio, Rafaela, Mariele e Bruna.






RELATÓRIO:



28 comentários:

  1. Minha duvida foi resolvida pelo grupo, explicando que essas se aplicam no dia-a-dia como por exemplo as pontes de Sturgeon Bay, no Wisconsin, que erguem-se através de um fluido, no caso óleo, que colaboram elevando parte de uma via para que navios passem pelos rios, e mares situados abaixo destas.

    ResponderExcluir
  2. Achei muito curioso alguns pontos do trabalho, pois a quantidade de água transmitida pela primeira seringa foi dividida em duas fazendo com que as duas abas da ponte levantassem, e assim como o grupo comentou, ocorreu um deslize pelo qual entrou ar na mangueira fazendo com que as duas abas das pontes não levantassem juntas, tendo uma pequena diferença, mas fora isso achei interessante o movimento da ponte, como exemplo temos o Rio Guaíba que é uma ponte Levadiça permitindo assim a travessia dos barcos.

    ResponderExcluir
  3. O grupo tirou todas as dúvidas, inclusive dando exemplos de onde podemos encontrar pontes levadiças no dia-a-dia, e deixando bem claro o princípio usado, apesar da pequena complicação da entrada de ar nas seringas fazendo com que o líquido não se distribuísse bem e levantasse um lado da ponte mais rápido que o outro, o grupo se saiu muito bem.

    ResponderExcluir
  4. Agora intendo o que acontece com as pontes levadiças, que pelo que prestei a atenção elas utilizam oleos em vez de água, por causa da densidade. O grupo deixou bem claro o principio usado para fazer esse experimento. Parabéns ao grupo.

    ResponderExcluir
  5. O grupo em si conseguiu elaborar um excelente trabalho e esclarecer todas as minhas duvidas as pontes levantaram quando nossa colega apertou a seringa maior que estava encaixada em uma mangueira que sai para os dois lado s a força da água fez com que a ponte se se levanta.Dependendo da seringa conseguiria até levantar uma mochila que foi o exemplo citado pelo grupop.

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante algumas coisas do trabalho, apesar de parecer meio complicado consegui entender tudo, como a pressão e a força da aguá fazem coisas incriveis, sendo que agora sei como é o mecanismo das pontes Sturgeon Bay, muitas vezes achamos que são coisas impossíveis de se fazerem e são tão simples de certa forma. Parabéns ao grupo que tirou a dúvida do pessoal e apresentou muito bem, mostrando qual seu objetivo.

    ResponderExcluir
  7. Nesse experimento da ponte levadiça o grupo explicou muito bem, consegui entender que como resultado eles objtiveram o principio de Pascal,baseando-se na teoria que dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar o grupo explicou que quando uma força é exercida na seringa com água, ela acaba se dissipando, fazendo com que a ponte levante as duas abas !

    ResponderExcluir
  8. Parabéns ao grupo pelo experimento bem sucedido,pude entender como a ponte do rio Guaíba por exemplo funciona,utilizaram o principio de Pascal como nos experimentos do Robô de seringas e o Elevador Hidráulico, fazendo que a água de apenas uma seringa fosse transmitida para outras duas,fazendo com o que as duas partes da ponte erguessem quase no mesmo tempo,como diz o principio de Pascal que dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar,o grupo tirou todas as dúvidas claramente e fazendo com que o objetivo dos quais fosse atingido.

    ResponderExcluir
  9. Bom trabalho, no meu ponto de vista esclareceram todas as dúvidas e deixaram bem claro onde podemos encontrar essas pontes hidráulicas no dia a dia. Aconteceu uma pequena falha que foi quando a ponte não levantou as duas abas ao mesmo tempo devido a má distribuição de água ou a entrada de ar na mangueira que foi oque o grupo citou.

    ResponderExcluir
  10. Durante a apresentação eu perguntei aos colegas qual era a diferença do trabalho que eu havia assistido na internet com 4 seringas e duas mangueiras, para o deles com 3 seringas. Ou seja uma só seringa que dava pressao as outras duas seringas ao mesmo tempo. Eles me disseram que foi so criatividade pois como o principio mesmo dis " O acrecimo de pressa num liquido em equilibrio trasmite INTEGRALMENTE A TODOS OS PONTOS do liquido.
    Gostei muito da criatividade deles.

    ResponderExcluir
  11. No trabalho relizado pelo grupo foi muito bom,a ponte hidráulica ela foi feita pelo Princípio de Pascal,fazendo com ela se mova as duas partes de cima,por causa da preção exercida pela água.

    ResponderExcluir
  12. Bom, o grupo respondeu todas as perguntas mas ocorreu uma pequena falha no levantar um dos lado da ponte, sendo que uma aba levanta mais rápido que a do outro lado... mas os colegas explicaram dizendo que tinha ocorrido um pequeno vazamento. Mas tirando isso estava ótimo, bem elaborado e explicado. Foi até citado como exemplo a ponte do Guaíba, que "o acréscimo de pressão produzido num líquido em equilíbrio transmite-se integralmente a todos os pontos do líquido."

    ResponderExcluir
  13. Apesar do deslize que ocorreu devido a entrada de ar na mangueira fazendo com que a ponte não erquesse os dois lados ao mesmo tempo, o grupo se saiu muito bem e tirou todas as dúvidas, inclusive dando exemplos de onde podemos encontrar a ponte no nosso dia a dia, um exemplo é a ponte do rio Guaíba, que levanta para facilitar a passagem dos navios.

    ResponderExcluir
  14. O trabalho explicou como ocorre a elevação das pontes hidráulicas (Princípio de Pascal). Os componentes do grupo demonstraram interesse em responder todas as perguntas feitas pelos colegas, explicando também o fato de um vazamento que ocorreu fazendo com que uma parte da ponte se elevasse antes da outra pela entrada de ar. No entanto, ficou bem claro que a pressão exercida por um líquido (na demonstração foi utilizado água),faz funcionar as máquinas hidráulicas que transformam a energia em força, capazes de movimentar as abas da ponte.
    Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  15. Resume-se ao principio de Pascal. Mas o que eu entendi foi que, a seringa propulsora, que após a ação, da a preção que é levada pelos caninhos para as outras seringas que faz a “ponte” se elevar. O grupo foi bom respondeu as perguntas corretamente.

    ResponderExcluir
  16. No trabalho realizado por esse grupo foi muito bem apresentado,tiraram todas as duvidas da turma,mais houve um falha do trabalho foi na hora de levantar a ponte que so levantou uma e depois outra e nao as duas juntas ,mais o grupo falou que foi pelo vazamento que ocorreu, mais a criatividade deles estao de parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Muito boa a apresentaçao,foi muito bem explica e deu para compreender bem como funciona, que com a pressao exercidas pelos liquidos fizesse elevador a ponte hidraulica mostrando como funciona nas pontes em maior escala, eu acho que se ao invés de ter usado uma unica seringa para dividir para as outras duas seria melhor ter feito com seringas separadas para cada lado, poderia nao ter acontesido a pequena falha de ter entrado ar.
    Mas foi muito bom a explicaçao e bem compreendido

    ResponderExcluir
  18. Pelo que notei, foi um ótimo trabalho, nos lembrando do princípio de Pascal, que os fluídos transmitem igualmente e em todas as direções as pressões recebidas. Quando abertam uma seringa a ação das outras faz a ponte se elevar.

    ResponderExcluir
  19. O trabalho foi elaborado muito bem,pois mostraram os seus principios ,com algumas falhas mas mesmo assim conseguiram explicar de uma forma que todos iriam entender ,e a parte que achei mais intereçante foi quando deram exemplos das pontes levadiças.Parabéns !

    ResponderExcluir
  20. A apresentação foi clara e objetiva.Pude compreender que foi utilizada a teoria de Pascal que consiste em que um liquido quando sofre pressão se espalha em todas as direções igualmente.No trabalho foram utilizadas três seringa separadas por um T de aquario.durante a apresentações foram sanadas as dúvidas,embora houvesse um vazamento na mangueira o que ocasionou na entrada de ar fazendo que os lados da ponte se erguessem desigualmente,mesmo assim não atrapalhando a apresentação dos colegas.

    ResponderExcluir
  21. Devo dizer que o trabalho e as explicações estão ótimas, entendi perfeitamente somente lendo o relatório e observando as imagens, mesmo não indo a aula, compreendi tudo com muitas clareza e devo dizer que está muito bom.

    ResponderExcluir
  22. bruno ariel wulff5 de maio de 2011 19:45

    o grupo foi muito objetivo e claro , pena que teve uma pequena falha ,os 2 lados da ponde deveriam levantam sincronizadamente ,mas foi muito boa a apresentaçao pois pude aprender muita coisa , como a teoria de Pascal que seria que quando um liquido sofre pressao ele se espalha por todos os lados igualmente.

    ResponderExcluir
  23. Gostei muito pois perguntei ao grupo oque eu nao tinha intedido e eles responderam acho que
    conseguiram bater o objetivo do trabalho a qual seria fazer com que a ponte levante usando pressão de seringas e agua, parabens

    ResponderExcluir
  24. Débora Nostrani5 de maio de 2011 20:57

    Achei muito interessante a ponte Hidráulica pois com ela pude conhecer muito mais do principio de pascal,descobri que com a preção da seringa o ar nao tem por onde sair acaba elevando a ponte,isso acontece tambem na ponte do Rio Guaiba...

    ResponderExcluir
  25. Pois eh neh ponte hidráulica. hum troféu joinha. ^^
    Esse experimento ainda não conhecia. ^^
    ¬¬
    Acho que vo acabar sendo chingado aqui. XD
    Boa galerinha, professor nunk deixe de insentivar essa galerinha a se aprofundar no mundo da física. É muito interessante quando podemos ver as regras que tanto estudamos em teorias serem aplicanas em nosso cotidiano. Bom trabalho pro grupo. ¬¬ Menos pro Depra que fiko de emo no cantinho. ^^ kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  26. O grupo respondeu com clareza todas as dúvidas dos colegas,apesar de ter acontecido um imprevisto no levantar um dos dois lados da ponte.

    ResponderExcluir
  27. O grupo foi muito bem , acho que pelo oque eu to vendo nos comentarios , todo mundo entendeu e também acho interessante o modo como esse sistema é usado no dia-dia.

    ResponderExcluir
  28. Wellington Cássio6 de maio de 2011 13:49

    Parabéns ao grupo o trabalho ficou muito bom, e explicaram que dependendo da siringa e das madeiras e dobradiçs pode levantar coisas pesadas como mochilas, e deu prater uma ideia como funciona essas pontes levadiças.

    ResponderExcluir